Notícias / Policial

Elemento embriagado atropela pedestre e é preso em Nova Santa Rosa, amigo vai junto

Na noite deste domingo, por volta das 19h40 a Polícia Militar foi acionada a comparecer no hospital Bom Pastor, onde segundo atendente do local havia dado entrada uma vítima de atropelamento. A PM foi até o hospital e conversou com a amiga da vítima que disse estava acompanhada de uma amiga, quando na esquina da Rua Tuparandi a amiga foi atingida por um veículo. A moça ainda relatou que com o motorista estava à sua esposa, que ficou no local após o ocorrido e que seu esposo foi buscar a ambulância para prestar socorro a vítima, que pela demora do condutor, as vítimas pediram ajuda para uma terceira pessoa que as conduziu até o Hospital. Relatou ainda que o condutor do veículo apresentava sintomas de embriaguez. O elemento já é conhecido da PM, ele já bateu três carros em um mesmo final de semana e é comum conduzir o veículo embriagado pela cidade, o casal é conhecido por diversos escândalos pela cidade. Diante dos fatos apresentados, os militares realizaram buscas pela cidade, sendo que o autor dos fatos estava em uma conveniência, o elemento foi abordado e apresentava sinais de embriaguez como olhos vermelhos, hálito alcoólico, falante e dispersão, sendo que o mesmo foi convidado a acompanhar a equipe até o destacamento para as providências cabíveis, que no destacamento relatou ter feito uso de bebida alcoólica o dia todo durante um trabalho que realizava na casa de seu irmão e que realmente era o condutor do veículo que atropelou a vítima. O elemento não estava com o veículo no momento da abordagem, ele pediu para ir ao carro de um amigo, que este amigo, fazia uso de bebida alcoólica durante a condução do veículo, fato esse observado pela equipe policial, além de olhos vermelhos, hálito alcoólico, falante e dispersão. No Destacamento Policial foi oferecido o teste de etilômetro para ambos, os quais recusaram realizar o teste. Diante da recursa dos condutores, foram lavrados os respetivos Termos De Constatação De Sinais De Alteração Da Capacidade Psicomotora e encaminhado os autores para 47º Delegacia de Polícia Civil de Marechal Cândido Rondon. 

Fonte: Marini
Crédito: Arquivo Radar
Memória usada: 3.1623306274414MB